Monday, May 21, 2007

Contabilista, precisa-se!

Já sabia que isto me ia acontecer outra vez! Faltam 3 dias para acabar o prazo de entrega das declarações de IRS e eu ainda não fiz a minha. Sim, eu também entrego pela Internet, mas nem isso me facilita as coisas. Até ao momento já consegui separar facturas e recibos, mas ainda não comecei a fazer as contas. Ia aliás, começar a fazê-las agora. E pronto, empanquei logo na primeira. Baralharam-me logo o cérebro com os rendimentos sujeitos ou não a retenção na fonte. A sério que isto é mais complicado do que vos possa parecer. É que aos rendimentos independentes depois juntam-se os outros, de trabalho dependente, o empréstimo da casa, os recibos de saúde e educação, seguros de vida, etc., etc. Santa Paciência! Isto faz-me sempre lembrar a primeira vez que preenchi uma declaração de IRS. Sozinha só consegui pôr o meu nome e o nº de contribuinte e já assim me interroguei várias vezes se seria eu o "sujeito passivo". Há menos de 2 anos, o meu pai, bancário, tentou explicar-me o significado das palavras "spread" e "amortização". Em vão, claro. Ainda fiz um desenho na minha cabeça para "amortização", mas para "spread" tudo se complicou em rabiscos impossíveis de decifrar. É assim que eu já estou a ver a minha declaração de IRS deste ano, mesmo antes do sistema começar a dar erros. Já inventei várias vezes valores só para o sistema aceitar a declaração e pronto. Um dia ainda vou ser apanhada. Não dá, não nasci para isto, preciso de um contabilista na minha vida!

3 comments:

Anonymous said...

Simples. Chama-se José Passos. [P]

Target said...

Que feliz que me sinto por ainda não ter de lidar com essas contas...

Elle Driver said...

Target, dá-lhe tempo... até te passas!! P, quem é esse gajo? Quero conhecer. Preciso dele!