Tuesday, April 08, 2008

Tapa no Keith Richards #2

Keith Richards é o outro avô que gostaria de ter. [O meu, agora com 88 anos, também é um apaixonado pela música e foi saxofonista em várias bandas de jazz desde os anos 30, mas teve, tanto quanto eu sei, uma vida bastante comedida.] Keith Richards não. Muito pelo contrário, por isso está a tentar escrever a sua autobiografia mas, hélas, está a deparar-se com um grave problema de memória: «Fumo marijuana a toda a hora. Estou a tentar juntar tudo na autobiografia, mas vai ser duro, porque muitas vezes não me consigo lembrar sequer do que fiz ontem.» [Como eu o entendo!] Várias editoras já disputam os direitos da autobiografia por muitos milhões, mas a dúvida de toda a gente é se ele algum dia a conseguirá acabar...

Keith Richards, 64 anos, tem no seu currículo várias histórias hilariantes, além daquela que já tinha postado aqui. Só alguns exemplos:
- costumava comprar kits de enfermeiro em lojas de brinquedos para conseguir passar seringas no aeroporto;
- durante as gravações do filme de Martin Scorsese, ficou 'baralhado' quando Christina Aguilera entrou em palco para cantar com Mick Jagger, porque não fazia a mínima ideia de quem ela fosse;
- Só deixou de consumir cocaína depois de ter caído da palmeira nas ilhas Fiji;
- Depois disso, começou a ler a Bíblia, que achou 'uma seca';
- Há uns tempos pediu para alguém escrever livros novos, porque os outros já os tinha lido todos;
- Salienta uma só pessoa no mundo da música, Amy Winehouse, mas dá-lhe um conselho: "Get smart or you won't be around long". Vindo de quem vem, talvez deva ser tido em conta...
- E sobre Mick Jagger, a citação tem que ser a original: "Mick is a maniac. He is a power freak! He can't get up in the morning without knowing immediately who he's going to call! Meanwhile, I just go 'Thank God I'm awake' and wait for 3 or 4 hours before I do anything..."

3 comments:

M. said...

Ninguém diria que tens um avô que foi saxofonista em bandas jazz;)... e de qualquer forma é melhor ter dois avôs do que um só, certo? É que eu acho que o Keith Richards já te é uma espécie de avô espiritual:)...

Elle Driver said...

É verdade! E o grande desgosto dele foi que nenhum dos 12 netos aprendeu a tocar saxofone. Um desperdício de oportunidades...

Maravilhosa said...

Que lindo um avô saxofonista, olha o meu era pirotécnico,já estou a imaginar os nossos avôs terem se conhecido enquanto o teu tocava sax o meu lançava foguetes!!!
Por falar em foguetes e festa: Temos que DAR os Parabéns aos Micro Audio Waves que mais uma vez ganharam os QWARTZ AWARDS em Paris!!! O Keith Richards também era capaz de ficar espantado mas nós não!!!!!